O que é o MASP (Museu de Arte de São Paulo)?

Postado em por

Curso de Corel Draw
Ir ao museu não é um hábito que todas as pessoas têm. Contudo, isto é ocasionado, muitas vezes, pelo aprendizado decadente que temos no Brasil. O MASP é um museu de arte que, ao menos os moradores de São Paulo, deveriam conhecer. O preço para entrar não é caro, além do fato de que na terça-feira a entrada é gratuita.

O que é o MASP?

O MASP é um museu de arte localizado na Av. Paulista, em São Paulo (SP). Também é conhecido pelos nomes: Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand ou, simplesmente, Museu de arte de São Paulo. Em sua coleção de obras há pinturas, esculturas, fotografias, desenhos, gravuras etc.
Fundado em 1947 pelo paraibano Assis Chateaubriand, um empresário e jornalista, e pelo ítalo-brasileiro Pietro Maria Bardi, um jornalista e crítico de arte, hoje o Museu de Arte de São Paulo possui cerca de 8 mil peças de arte, sendo boa parte de arte europeia, sobretudo, da Itália e da França. Além disso há bastante arte brasileira e um pouco de arte asiática, africana, entre outras. Quando foi fundado este museu funcionava no Edifício Guilherme Guinle (prédio dos Diários Associados), na rua Sete de Abril, centro de São Paulo, sendo transferido, posteriormente, para um edifício no bairro Higienópolis (que não durou muito tempo) e logo após, para a Avenida Paulista. O prédio da Av. Paulista foi projetado por Lina Bo Bardi.

MASP, São Paulo
MASP
 Crédito da imagens: gnumarcelo

O museu conta com obras de artistas conhecidos internacionalmente, como Van Gogh, Delacroix, Renoir, Botticceli, Monet, Cèzanne, Diego Rivera, Picasso, Modigliani, entre outros. Na coleção brasileira, possui obras de Cândido Portinari, Di Cavalcanti, Anita Malfatti e Almeida Junior.
Como está no próprio site do MASP, sua missão é "Incentivar, divulgar e amparar, por todos os meios ao seu alcance, as artes de um modo geral e, em especial, as artes visuais, visando o desenvolvimento e o aprimoramento cultural do povo brasileiro".
O museu foi tombado em 1982 pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado (CONDEPHAAT) e em 2003 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).
No site do MASP ainda é possível visualizar boa parte da história do museu, através de uma linha do tempo:
Veja também:
Não deixe de nos seguir twitter @doublegraphic e curtir nossa página de fãs no facebook "Desenho DG". Até mais.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

 
Parte do conteúdo deste blog está protegido sob a licença: Creative Commons Atribuição-Uso-Não-Comercial 3.0. Licença Creative Commons
Layout por: Vinicius da Silva Martins | Double Graphic 2011 | Tecnologia do Blogger.