15 esculturas famosas

Postado em por

Dentro das artes plásticas temos a escultura, uma ótima maneira de o autor se expressar. Há muitas esculturas antigas (ou não tanto) que são bastante famosas. Veja 15 esculturas famosas, logo abaixo:

Autor desconhecido

Escultura de Vênus de Milo (Afrodite)
Vênus de Milo

Michelangelo

Escultura de David
David
Escultura de Pietà
Pietà
Escultura de Baco
Baco

Fídias

Escultura de Dionísio
Dionísio

Donatello

Escultura David de Bronze
David de Bronze (réplica)

Auguste Rodin

Escultura O Pensador
O Pensador
Escultura O Beijo
O Beijo

Praxiteles

Escultura Hermes com Dionísio menino
Hermes com Dionísio menino

Gian Lorenzo Bernini

Escultura O Êxtase de Santa Teresa
O Êxtase de Santa Teresa
Escultura Apolo e Dafne
Apolo e Dafne

Arnolfo di Cambio

Escultura Estátua em bronze de São Pedro
Estátua em bronze de São Pedro

Aleijadinho

Escultura Profeta Daniel
Profeta Daniel

Victor Brecheret

Escultura Monumento às Bandeiras
Monumento às Bandeiras
Escultura Graça
Graça

Veja também:
Não deixe de nos seguir twitter @doublegraphic e curtir nossa página de fãs no facebook "Desenho DG". Até mais.

O que é um museu de arte?

Postado em por

A arte infelizmente, muitas vezes, acaba sendo tida por pessoas ignorantes como algo chato e sem valor. Contudo, tem seu valor sim e, sendo assim, muitos museus são dedicados especialmente a ela.

O que é um museu?

O museu surgiu junto com hábito do homem de colecionar objetos que o próprio acha que tem algum valor (deve ser lembrado que o que tem valor para uma pessoa, pode não ter o mesmo para outra). Um museu tem o papel de conservar por anos algo que foi feito pelo homem. Através de um museu é possível saber um pouco da história de um país, de uma obra etc.

O que é um museu de arte

No caso do museu de arte, seu papel é conservar por muito tempo obras de arte, podendo ser pinturas, esculturas, entre outras. Hoje em dia, é possível ver obras que foram produzidas a séculos atrás. Vale a pena ir a um museu, pois, através dele é possível ver obras antigas que se perderam com o tempo, é possível analisar estas obras etc.

Museu Nacional de Belas Artes (MNBA)
Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), foto por Marc Ferrez
É importante visitar museus de arte, principalmente se sua carreira estiver relacionada com a arte, este é o caso do design gráfico, computação gráfica, produção audiovisual, ilustração, cartunista, desenhista, entre outras.

Museus de arte famosos

Há vários museus de arte importantes espalhados pelo mundo. Segue abaixo uma lista com 16 museus de arte famosos localizados no Brasil e no resto do mundo:
  • Museu do Louvre (Musée du Louvre), localizado em Paris, França;
  • Museu do Prado, localizado em Madri, Espanha;
  • Museu Metropolitano de Arte de Nova York (Metropolitan Museum of Art ou, simplesmente, MET), localizado em Nova York, Estados Unidos;
  • Museu de Arte Moderna (MoMA), localizado em Nova York, Estados Unidos;
  • Museu d'Orsay, localizado em Paris, França;
  • Museu do Prado, localizado em Madri, Espanha;
  • Galeria Uffizi, localizado em Florença, Itália;
  • Art Institute of Chicago, localizado em Chicago, Estados Unidos;
  • Centro Georges Pompidou (Centre national d'art et de culture Georges-Pompidou), localizado em Paris, França;
  • Tate Modern, localizado em Londres, Grã-Bretanha;
  • Museu de Arte Moderna de São Paulo, localizado em São Paulo, Brasil;
  • Museu Nacional de Arte Antiga, localizado em Lisboa, Portugal;
  • Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP), localizado em São Paulo, Brasil;
  • British Museum (Museu Britânico), localizado em Londres, Inglaterra;
  • Museu Picasso, localizado em Barcelona, Espanha;
  • Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), localizado no Rio de Janeiro, Brasil.
Hoje é possível ver muitos museus de arte sem sair de casa, através da internet, porém, estar em um museu é uma experiência única e que não pode ser substituída. Ver museus pela internet é uma ótima opção para quando não dá para ir até o mesmo pessoalmente pelo fato de ser muito longe e não condições financeiras, porém, se tiver a oportunidade é importante ver as obras de perto.

Veja também:
Não deixe de nos seguir twitter @doublegraphic e curtir nossa página de fãs no facebook "Desenho DG". Até mais.

    O que é modelagem 3D?

    Postado em por

    A computação gráfica possibilita várias coisas que antes não eram possíveis. Hoje em dia podemos criar filmes ou vídeos com muitos efeitos produzidos por computador. Dentre essas várias possibilidades temos a modelagem 3D. Para entender o que é modelagem 3D, antes de tudo, é importante entender bem o que é um desenho 3D.

    O que é um desenho 3D?

    Enquanto o desenho 2D tem duas dimensões, o 3D tem três dimensões. O desenho 3D consegue promover em nossos olhos uma certa ilusão de que aquilo tem profundidade, sendo assim, há uma ilusão de tridimensionalidade. Para criar esta ilusão usa-se várias técnicas, como luz e sombra colocados de maneira correta, ponto de fuga para criar perspectiva etc. Recomendo que leia o artigo onde falo sobre ponto de fuga e perspectiva:

    A Modelagem em 3D

    A modelagem 3D se baseia em, normalmente, utilizar um software de computador que trabalhe com isto para reproduzir digitalmente formas em três dimensões. Através de um software de modelagem 3D é possível criar uma infinidade de coisas, como personagens, cenários e objetos.

    Modelagem 3D
    Modelagem 3D

    O domínio destes programas, normalmente, não é tão simples e exige muito estudo. Os objetos modelados podem ser rotacionados para todos os lados possíveis, podendo ser visualizado cada parte do mesmo. O objeto final é chamado de modelo 3D.

    A renderização

    Depois que finalizamos nosso modelo 3D passamos para uma etapa chamada de renderização (ou render, em inglês). Nesta etapa o que foi criado será renderizado junto com os efeitos de iluminação, texturas, materiais etc. O tempo varia dependendo da quantidade de objetos modelados, da iluminação e materiais utilizados, do renderizador e muitos outros fatores que podem interferir. É comum que a renderização demore bastante tempo, pois, necessita utilizar muitos recursos do computador.

    Recursos que um programa 3D consome

    Em muitos programas de modelagem 3D, os recursos consumidos pelo computador é muito grande, por isso recomenda-se um computador com uma boa (para não dizer ótima) placa de vídeo, bom processador e memória RAM. Não é qualquer computador que irá conseguir rodar um software desses. Se for para uso profissional complica ainda mais, pois, irá ter que cumprir prazos e o cliente não irá aguentar ter que esperar muito tempo para renderizar. Deve ser lembrado que, em muitos casos, uma das etapas mais demoradas da modelagem 3D não é a modelagem em si e sim o tempo de renderização, isto se deve devido ao fato de que muitas vezes não se tem dinheiro suficiente para investir em um computador com potência que supra todas as necessidades do profissional.

    Animação em 3D

    Depois de ter um modelo em 3D totalmente pronto, podemos utilizar os recursos do software que está sendo trabalhado para criarmos uma animação, desde que o software permita fazer animações. As animações em geral, irão demorar muito mais tempo para renderizar, pois é renderizado frame a frame (quadro a quadro) e se estivermos utilizando, por exemplo, 30 quadros por segundo, depois de renderizarmos 150 quadros só teremos 5 segundos de vídeo, imagine, então, se a animação tiver 5 minutos ou mais. Recomendo que leia também um artigo onde explico sobre animação 3D:

    Programas de modelagem 3D

    Há diversos programas destinados a modelagem 3D, contudo deve-se escolher aquele que supra suas necessidades. Há softwares pagos e gratuitos, sendo que somente o fato de ser pago não define sua qualidade, tem, por exemplo, softwares gratuitos que é possível fazer o mesmo que nos pagos. Contudo, quem sai de um software pago e vai para um gratuito pode ter dificuldades, pois, o jeito de se trabalhar não é idêntico, porém, isso é comum e pode acontecer até mesmo ao mudar a versão do mesmo. Segue abaixo uma lista com alguns programas de modelagem:
    Veja também:
    Não deixe de nos seguir twitter @doublegraphic e curtir nossa página de fãs no facebook "Desenho DG". Até mais.

    O que é freelancer?

    Postado em por

    Grande parte das pessoas que decidem trabalhar com a área criativa, seja ela um designer gráfico, um modelador 3D, um ilustrador etc., já pensaram em trabalhar como freelancer ou tiram sua renda mensal desta forma. Muitos pensam que ser freelancer é fácil, mas, a realidade é outra, é preciso planejar, administrar, ser organizado e, é claro, arrumar os primeiros clientes. O fato de não ter um patrão não significa somente maior liberdade, como também maior responsabilidade.

    O que é ser freelancer?

    Freelancer é um termo usado para definir um profissional que trabalha por conta própria (trabalho autônomo), muitas vezes sua renda é gerada através de diferentes projetos. Normalmente, uma empresa que precise dos serviços deste profissional entra em contato com o mesmo, lhe envia um briefing e se ele estiver interessado é só aceitar e começar a desenvolvê-lo. Também há casos em que o freelancer contata a empresa oferecendo seus serviços e se a empresa estiver interessada no que foi oferecido é só deixar bem claro o que e como quer para que, assim, o trabalho final não acabe causando decepções. É muito comum quando o contratante não gosta do trabalho final e o freelancer tem que refazê-lo, ou ainda quando o mesmo trabalha com um profissional não qualificado para pagar menos e acaba tendo que pagar mais para que outro freelancer qualificado arrume o que foi feito.

    Freelancer
    Freelancer
    Créditos: Uirá Porã

    Freelancer é uma palavra que vem do inglês e quer dizer algo como "lanceiro livre", que segundo o site Wikipédia: "deriva dos cavaleiros medievais mercenários, que se colocavam a serviço dos nobres que lhes pagassem mais para guerrear". O termo também é conhecido como freela ou frila. É bastante comum alguém dizer "Estou pegando uns freelas para fazer". Um freelancer pode até trabalhar em casa, sendo este um método que realmente funciona, diferente de muitos métodos que são divulgados e prometem que você fique rico em pouco tempo.

    O preconceito com o trabalho freelancer

    Como o freelancer é um profissional que não tem um emprego fixo, não tem benefícios como INSS, assistência médica, 13° salário, entre outros, há muito preconceito por parte de parentes e amigos. É comum alguém que esta começando ouvir: "Por que você não arruma um emprego fixo?", "Isso não é trabalho", "Trabalhar mesmo é acordar cedo e pegar um ônibus". A falta de incentivo é comum também, talvez porque as pessoas tenham aqueles velhos costumes de acordar cedo, trabalhar até um certo horário e voltar para a casa, receber aquele dinheiro contado todo mês para sustentar a família. Contudo, a verdade é que os tempos mudam e hoje o trabalho freelancer tem crescido cada vez mais e se tornado bastante popular.

    Em quais áreas pode-se trabalhar com freelas?

    Com a evolução da internet houve o crescimento de uma diversidade de coisas que antes uma boa parcela da população não conhecia. O trabalho dos profissionais freelancers tornou-se muito mais fácil, pois, se antes precisavam ir até o cliente para conversar sobre o que ia ser feito, para entregar o trabalho etc., hoje tudo pode ser feito pela internet, desde o primeiro contato com o cliente até o pagamento do projeto quando concluído. Contudo, ainda há muitos casos que o cliente prefere falar pelo telefone ou pessoalmente. Dentre as áreas que são comuns os trabalhos freelancers, temos: ilustrador, designer gráfico, webdesigner, modelador 3D, animador, tradutor, redator, repórter, programador, músico, entre outras.

    Administração dos seus horários como freelancer

    Um freelancer tem que saber como administrar seus horários, não é só porque não está em uma empresa que não deva fazer isso. Sem uma administração correta de horários o que pode acontecer é você trabalhar demais, provocando cansaço e diminuindo seu rendimento. Em contrapartida, pode ocorrer de reservar pouco tempo para os freelas e não conseguir terminá-los no prazo estipulado. Lembre-se, freelas tem prazos para serem entregues, quando não se cumpre prazos você acaba conseguindo oum cliente insatisfeito que, certamente não lhe indicará para seus próprios contatos e o pior de tudo é que pode acabar manchando sua imagem profissional. Quando você é um bom profissional é bem capaz de seu cliente te indicar para outros possíveis clientes e isso poderá alavancar sua carreira.

    Administração do dinheiro ganho como freelancer

    O que muitos freelancers não estão acostumados é a lidar com o dinheiro, nesse caso você será a “empresa” e, sendo assim deverá administrar corretamente seus ganhos. Já que nem todo mês o fluxo de trabalho será igual, o freelancer deverá ter uma conta para guardar boa parte do dinheiro e não gastar tudo, pois, em um mês você poderá ganhar muito, mas, quem garante que no próximo será igual? Então, se não tem dinheiro guardado o que fará para se alimentar e pagar suas contas? É sempre bom ter uma calculadora (nem que seja a do Windows) e utilizar planilhas do Excel ou de softwares similares a este para organizar seus ganhos, gastos e lucros.

    Criatividade do freelancer

    A criatividade é um fator crucial em muitas áreas que há trabalhos freelancers, como na ilustração, design gráfico, modelagem 3D, entre outras. Um profissional criativo pode conseguir que seu trabalho se destaque frente a outros e isto lhe gerará mais clientes. Há várias maneiras de melhorar a criatividade de alguém, recomendo que leia o artigo "Como ter criatividade?", onde cito algumas maneiras que podem lhe ajudar a desenvolvê-la.

    Preciso de um portfólio para divulgar meu trabalho?

    Um portfólio é de extrema importância para os freelancers, é através dele que o cliente conhecerá seu trabalho e saberá se o mesmo é de qualidade. Há o portfólio digital e o portfólio impresso. Ter um portfólio virtual é muito bom e com isso é até possível conseguir fazer freelas para pessoas de outros países, se os dois falarem a mesma língua, é claro, sendo que se tiver ao menos o inglês já facilita muito. Contudo, ter um portfólio impresso é ótimo também, mas, deve ter qualidade, não é preciso ter os melhores materiais, mas, devem estar em uma boa pasta e impressos com qualidade.

    Quanto cobrar pelo freela?

    Essa é uma pergunta muito difícil que qualquer profissional iniciante se faz. É preciso saber se o valor que vai cobrar pelo serviço cobre o que ele realmente vale. Não queira cobrar valores exorbitantes se seu trabalho não vale isso, mas, também não desvalorize o que faz. Uma boa maneira é definir quanto você cobrará por hora, não esquecendo de colocar na conta o que é gasto com energia elétrica, internet etc. Quando seu cliente lhe pedir um orçamento faça um cálculo de quantas horas serão gasta mais ou menos e a partir daí, defina o valor do freela. No começo parece complicado fazer estas contas, mas, com o tempo o freelancer vai se acostumando. Não tenha medo de cobrar o valor que seu trabalho vale, se fizer isto estará desvalorizando sua profissão.
    Para chegar até onde se quer pode demorar um tempo, mas, se você for organizado e souber como administrar seu negócio, certamente, terá um bom futuro pela frente. Com o tempo pode até chegar ao ponto de abrir uma empresa, contratar empregados e ser famoso na área que atua. No fim, um freelancer aplicado acaba descobrindo que seu esforço valeu a pena e seus ganhos, assim como sua vida profissional, só crescem. É claro que tem horas que algo não dá certo, momento em que muitos pensam em desistir, porém, isso é normal e é com persistência, acreditando naquilo que está fazendo, que irá se chegar até onde se quer. É bom ter ambições, desde que conquiste-as de maneira honesta.

    Veja também:
    Não deixe de nos seguir twitter @doublegraphic e curtir nossa página de fãs no facebook "Desenho DG". Até mais. 

    Moça com Brinco de Pérola

    Postado em por

    obras de arte antigas que são inesquecíveis, que não duram somente naquele momento como também, resiste a décadas ou séculos (há casos em que a obra só é reconhecida após a morte do autor). Moça com Brinco de Pérola (Girl with a Pearl Earring, em inglês, Rapariga com Brinco de Pérola, em Portugal, ou ainda, Het Meisje met de Parel, em holandês) é uma obra criada por Johannes Vermeer, um pintor holandês nascido em 1632 e que faleceu em 1675. O artista também é conhecido pelo nome Jan Vermeer, Vermeer de Delft ou Johannes van der Meer.
    Sobre a obra original, Moça com Brinco de Pérola, pouco se sabe, alguns a consideram como uma segunda "Mona Lisa", pelo fato de haver algumas semelhanças entre as duas. Contudo, a pintura de Vermeer é uma obra única. Hoje, a pintura está localizada no museu de arte Mauritshuis.

    Moça com Brinco de Pérola, Johannes Vermeer
    Moça com Brinco de Pérola, Johannes Vermeer

    Apesar de pouco se saber da real história sobre o quadro "Moça com Brinco de Pérola", em 2003 foi lançado um filme de mesmo nome que conta como, supostamente, a obra poderia ter sido criada.

    O Filme: Moça com Brinco de Pérola

    Neste filme Colin Firth interpreta Johannes Vermeer, enquanto, Scarlett Johansson interpreta Griet, a suposta moça que Vermeer teria pintado no quadro. Griet, a personagem principal do filme, vai trabalhar na casa de Johannes Vermeer, um famoso pintor do século XVII. Johannes percebe toda a sua beleza e acha que uma pintura dela ficaria ótima, então decide começar a pintá-la. Para a obra ficar completa ele pede que use o brinco de pérola de sua esposa. Tudo deve ser feito escondido para que sua esposa não descubra.
    Durante o filme Johannes mostra uma câmara escura para Griet, instrumento pelo qual é possível visualizar o que está à frente de seu orifício. Aos poucos Griet começa aprender algumas coisas com o pintor, como por exemplo, conseguir fazer cada cor de tinta. Em certa ocasião ele lhe explica que as nuvens não são todas brancas e sim formadas por cores, como o azul, o amarelo e tons de cinza.
    Griet ainda tem que suportar várias ofensas da filha do casal e de um homem rico que não está muito contente com o fato de Vermeer estar pintando-a. Pieter, um trabalhador do açougue que Griet costuma frequentar, se mostra muito atraído e interessado por ela. Griet parece também estar gostando dele, embora, que aparentemente tenha uma paixão pelo pintor. Contudo, a paixão entre Vermeer e Griet é quase que impossível visto que ele já é casado e ela é pedida em casamento por Pieter.
    É um belo filme que mostra principalmente a pintura intitulada “Moça com Brinco de Pérola”, produzida entre 1665 e 1666, que Johannes Vermeer decide fazer com Griet. É focado principalmente na produção do tal quadro e no enredo que cerca esta produção.

    Veja também:
    Não deixe de nos seguir twitter @doublegraphic e curtir nossa página de fãs no facebook "Desenho DG". Até mais.

    Making-of (desenho)

    Postado em por

    Olá pessoal. Como estão?
    Hoje é dia de envie seu desenho. Veja o making of que o Josú Barroso preparou. Segue abaixo:

    Making of (desenho)
    Desenho do making-of

    Personagem masculino (desenho)
    Desenho do personagem masculino


    Josú Barroso possui um blog onde publica muitos outros desenhos:
    Gostou? Quer ver seu desenho publicado aqui também? Então envie seu desenho para nós.

    Veja também:
    Não deixe de nos seguir twitter @doublegraphic e curtir nossa página de fãs no facebook "Desenho DG". Até mais.

    Quais o tipos de lápis existentes?

    Postado em por

    Para fazer desenhos profissionais não deve se limitar a somente um tipo de lápis. Há vários tipos de lápis que combinados conseguem criar um acabamento único a um desenho. O uso de diferentes tipos de lápis é importante para que se quebre limites e se consiga um desenho profissional.

    Quais são os tipos de lápis para desenho?

    Cada lápis para desenho tem um nome diferente, segue abaixo uma lista com os tipos de lápis disponíveis:

    Lápis duros

    • Lápis 9H
    • Lápis 8H
    • Lápis 7H
    • Lápis 6H
    • Lápis 5H
    • Lápis 4H
    • Lápis 3H
    • Lápis 2H
    • Lápis H

    Lápis médios

    • Lápis F
    • Lápis HB
    • Lápis FG

    Lápis macios

    • Lápis B
    • Lápis 2B
    • Lápis 3B
    • Lápis 4B
    • Lápis 5B
    • Lápis 6B
    • Lápis 7B
    • Lápis 8B
    • Lápis 9B
    Só colocando os nomes não dá para entender muito bem, pois necessita de uma explicação. O HB é um lápis médio, sendo que seu uso é muito comum na escrita, é muito utilizado em escolas, mas, também pode ser usado para desenhar.
    Os lápis que tem a letra H, que quer dizer hard, são os mais duros e o que tem o traço mais claro. Eles variam de 9H a H, seguindo a ordem da lista anterior, seus tons vão variando, sendo que o 9H é o mais claro e o H é o mais escuro destes.
    O lápis é F é um pouco mais claro que o HB.

    Tipo de lápis
    Tipo de lápis
    Créditos da imagem: Fernando Shoiti Schatzmann

    Os lápis B, que significa black (preto, em inglês), são os mais macios e também mais escuros. Eles variam seguindo a ordem da lista, sendo que o B é o mais claro destes, enquanto, o 9B é o mais escuro de todos os lápis. Por serem muito escuros deve-se tomar cuidado com o uso, pois, é difícil de apagá-los do papel depois de usá-los.

    Eu preciso de todos os tipos de lápis?

    Se está começando a aprender desenhar o ideal é aprender primeiro o uso de técnicas que lhe permitam transpor para o papel tudo o que você imagina. Depois que souber desenhar é interessante ter alguns tipos de lápis, mas, não precisa ser todos. Ter ao menos três lápis já dá para se conseguir alguns efeitos diferentes no desenho, como descrito no blog da Leida Nogueira, que recomenda os lápis 2B, 6B, 8B, no mínimo:
    Se deseja ser um profissional é importante conhecer e trabalhar com lápis de diferentes tipos. Com somente um lápis até dá para conseguir bastante efeitos no desenho, porém, com mais de um, o seu leque de possibilidades será bem maior. Além dos lápis diferentes, também é importante investir em material de qualidade, não somente lápis, como também papel, borracha etc. Não importa o tipo de desenho que for fazer, se ele for utilizado para uso profissional é importante trabalhar com materiais de qualidade, senão, o mesmo não ficará como o esperado e você pode até perder dinheiro.

    Veja também:
    Não deixe de nos seguir twitter @doublegraphic e curtir nossa página de fãs no facebook "Desenho DG". Até mais. 

    20 pinturas famosas

    Postado em por

    Olá pessoal. Como estão?
    Gosta de arte? Pinturas? Para hoje uma seleção de 20 pinturas mundialmente famosas. Seguem abaixo:

    Tarsila do Amaral


    Abaporu, por Tarsila do Amaral
    Abaporu, de Tarsila do Amaral

    Johannes Vermeer


    Moça com Brinco de Pérola, de Johannes Vermeer
    Moça com Brinco de Pérola, de Johannes Vermeer

    Leonardo da Vinci


    Mona Lisa, de Leonardo da Vinci
    Mona Lisa, de Leonardo da Vinci

    Amedeo Modigliani


    Retrato de Jeanne Hébuterne, de Amedeo Modigliani
    Retrato de Jeanne Hébuterne, de Amedeo Modigliani

    Vincent van Gogh


    Os Comedores de Batata, de Van Gogh
    Os Comedores de Batata, de Van Gogh

    A Noite Estrelada, de Van Gogh
    A Noite Estrelada, de Van Gogh

    Claude Monet


    Impressão, nascer do sol, de Claude Monet
    Impressão, nascer do sol, de Claude Monet


    Georges-Pierre Seurat


    Tarde de Domingo na Ilha de Grande Jatte, de Seurat
    Tarde de Domingo na Ilha de Grande Jatte, de Seurat

    Edvard Munch


    O Grito, Edvard Munch
    O Grito, Edvard Munch

    Michelangelo Buonarroti


    A Criação de Adão, de Michelangelo
    A Criação de Adão, de Michelangelo

    Candido Portinari


    A descoberta da terra, Candido Portinari


    Rembrandt Harmenszoon van Rijn


    A Lição de Anatomia do Dr. Tulp, de Rembrandt
    A Lição de Anatomia do Dr. Tulp, de Rembrandt

    Salvador Dalí


    A Persistência da Memória, de Salvador Dalí
    A Persistência da Memória, de Salvador Dalí

    Diego Velázquez


    Cristo Crucificado, de Diego Velázquez
    Cristo Crucificado, de Diego Velázquez

    Pierre-Auguste Renoir


    Luncheon of the Boating Party, de Renoir
    Luncheon of the Boating Party, de Renoir

    Gustave Courbet


    Mulheres peneirando trigo, de Gustave Courbet
    Mulheres peneirando trigo, de Gustave Courbet

    Paul Gauguin


    O Cristo Amarelo, de Paul Gauguin
    O Cristo Amarelo, de Paul Gauguin

    Sandro Botticelli


    O Nascimento de Vênus, de Sandro Botticelli
    O Nascimento de Vênus, de Sandro Botticelli

    Henri Rousseau


    O Sonho, de Henri Rousseau
    O Sonho, de Henri Rousseau

    Paul Cézanne


    Retrato de Victor Chocquet, de Paul Cézanne
    Retrato de Victor Chocquet, de Paul Cézanne
    Veja também:
    Não deixe de nos seguir twitter @doublegraphic e curtir nossa página de fãs no facebook "Desenho DG". Até mais.

    O que é nu artístico?

    Postado em por

    Em obras de desenho, pintura, escultura, fotografia, cinema, entre outros, é comum utilizar o nu artístico. O aprendizado da arte torna-se bem mais rico quando é possível ver uma pessoa despida e criar sua obra a partir da mesma. Contudo, até nos dias atuais pode haver uma certa censura por parte de algumas pessoas.

    Mas, o que é o nu artístico, afinal?

    O nu artístico tem sido usado desde a pré-história para representar o corpo humano. Os artistas representam nus os homens, mulheres, deuses, entre outros. O nu artístico, muitas vezes não tem a função de mostrar a sensualidade e o erotismo, na verdade depende do contexto em que determinada obra está inserida. Obras deste tipo podem ser feitas para mostrar a beleza de uma mulher, a perfeição de um homem (como na Grécia Antiga), ou ainda, estar envolvido com a religião.

    A Maja Nua - Nu artístico
    A Maja Nua (La Maja Desnuda), por Francisco de Goya

    Para fazer o nu artístico os artistas, na maioria da vezes, necessitam de um modelo, seja masculino ou feminino. Este modelo é conhecido pelo nome de modelo vivo e o mesmo deve ficar em determinada posição durante um certo período de tempo até que o artista consiga terminar sua obra.
    Era a partir do Homem Vitruviano que muitos artistas faziam suas obras, este é um exemplo de como as proporções perfeitas eram de vital importância em épocas passadas. A partir do Homem Vitruviano era possível criar uma pintura ou escultura que tivesse uma proporção até então tida como perfeita.

    A censura do nu artístico

    Apesar de ser feito para a arte, já houve várias vezes em que o nu artístico foi criticado por alguns e tiveram até obras que foram danificadas por pessoas que tinham preconceito com o nudismo. Em igrejas católicas, por exemplo, já teve casos em que foi preciso cobrir o corpo de seres que estavam representados em obras de arte. Há pessoas que não aceitam, pois, pensam que o corpo de qualquer um deve estar coberto com roupas, até mesmo em obras de arte, como pintura, escultura etc.
    Apesar da censura ter causado muitas perdas artísticas durante anos, o nu artístico continua sendo bastante utilizado e muito importante na arte do mundo todo. Quando há realmente uma liberdade de expressão não deveria existir a censura para acabar com a reprodução da obra. Contudo, certos locais podem acabar não sendo os mais adequados para a divulgação de obras deste tipo. Cabe a todos que cuidarão da criação e da exposição daquela obra, decidir o melhor local para que seja exposta.

    Veja também:
    Não deixe de nos seguir twitter @doublegraphic e curtir nossa página de fãs no facebook "Desenho DG". Até mais. 

    O que é o Anime Friends?

    Postado em por

    Os animes são animações que estão bastante presentes no Brasil atualmente, embora, ainda haja um número maior de divulgação das animações ocidentais. Há pessoas que fazem cosplays de seus personagens favoritos, ou seja, se vestem com roupas simulando a dos personagens de animes, deixam o cabelo parecido com o do personagem etc.

    Mas, o que é o Anime Friends, afinal?

    O Anime Friends é um evento que ocorre todo ano desde sua inauguração, em 2003. Este tem como foco principal a cultura japonesa, sobretudo, os mangás e animes. Há várias atrações, como as apresentações de Cosplay, em que muitos fãs se fantasiam dos personagens que preferirem; o Fanzine Expo que, como o próprio nome já diz, é uma exposição de fanzines (mangás amadores, produzidos por fãs); o Animekê, que é um Karokê com músicas, principalmente, de animes; entre outros.


    Anime Friends - Cosplay de Elizabeth Ethel Cordelia Middleford
    Anime Friends - Cosplay de Elizabeth Ethel Cordelia Middleford

    Créditos: Ricardo

    É um evento importante no Brasil, pois, através dele dá para se conhecer muitos animes e mangás que não conhecia antes, dá para conversar com outras pessoas, sendo que ambos os lados podem aprender algo novo. O evento dura alguns dias e conta com dezenas de atrações diferentes.

    O Fanzine Expo

    Já fiz um artigo sobre o que é fanzine, neste blog. Para quem não viu, recomendo que leia:
    Fanzines são revistas editadas por fãs. Várias pessoas que gostam bastante de mangás fazem fanzines, seja por diversão ou pelo desejo de se tornar um profissional na área das histórias em quadrinhos. Depois de feito, obviamente, querem ter seu trabalho reconhecido, então, precisam divulgá-lo. A internet ajuda bastante nesta tarefa, porém, os eventos que permitem a venda de fanzines são ótimas opções.
    No Anime Friends, o Fanzine Expo existe exatamente para isso, fãs que decidem criar seus fanzines e querem vendê-los. Contudo, o fanzineiro que deseja participar do Fanzine Expo, vendendo suas criações, precisará pagar seu estande e por um preço mais baixo, poderá levar um assistente.

    Cosplay no Anime Friends

    Cosplay é quando uma pessoa se veste com roupas iguais a de um personagem, além de se maquiarem, mudarem o cabelo etc., tudo para que fique o mais parecido possível com o personagem. Normalmente, quem faz o cosplay escolhe aquele personagem que mais gosta, que tem mais afinidade.
    No Anime Friends os cosplayers são muito bem vindos, sendo que tem até um Concurso Cultural de Cosplay, em que cada concorrente é avaliado em diversas categorias, além de contar com prêmios para os vencedores. Há categorias individuais e em grupo, sendo que os grupos podem ter no máximo 10 pessoas.
    Saiba mais sobre o Anime Friends em seu site oficial:
    Veja também:
    Não deixe de nos seguir twitter @doublegraphic e curtir nossa página de fãs no facebook "Desenho DG". Até mais. 

    A 30ª Bienal de Arte de São Paulo, em 2012

    Postado em por

    A Bienal Internacional de Arte de São Paulo (também chamada de Bienal de São Paulo ou ainda, por alguns, de Bienal de Arte) começou a ser realizada a muitos anos atrás. Para ser mais específico a primeira bienal foi feita no ano de 1951, sendo que neste ano ocorrerá a sua 30ª edição.

    História da Bienal Internacional de Arte de São Paulo

    Fundada em 1951 pelo empresário e mecenas Francisco Matarazzo Sobrinho (também conhecido por Ciccillo Matarazzo) juntamente com sua esposa Yolanda de Ataliba Nogueira Penteado (ou simplesmente Yolanda Penteado). Ciccillo Matarazzo também foi o fundador do MAM (Museu de Arte Moderna de São Paulo). Sendo assim, as primeiras Bienais foram realizadas pelo Museu de Arte Moderna de São Paulo.

    1ª Bienal Internacional do Museu de Arte Moderna de São Paulo
    1ª Bienal Internacional do Museu de Arte Moderna de São Paulo, realizada em 1951
    Créditos: Girafamania

    Francisco Matarazzo faleceu em 1977. Desde a 7ª edição da Bienal, ela é mantida pela Fundação Bienal de São Paulo. A 7ª Bienal ocorreu em 1963, mas, seu desligamento com o MAM ocorreu em 1962, época da criação da Fundação Bienal.
    O evento conta com participantes do Brasil e do resto do mundo.

    30ª Bienal Internacional de Arte de São Paulo

    A 30ª Bienal de São Paulo que tem como título "A Iminência das Poéticas", acontecerá no Pavilhão Ciccillo Matarazzo, no Parque Ibirapuera. Será realizada entre os dias 7 de setembro a 9 de dezembro de 2012.

    Cartazes da 30ª Bienal - A Iminência das Poéticas
    Cartazes da 30ª Bienal de São Paulo - A Iminência das Poéticas

    Seus curadores são: Luis Pérez-Oramas (curador), André Severo e Tobi Maier (curadores associados) e Isabela Villanueva (curadora assistente). Como diz o próprio site da Bienal: "A 30ª Bienal - A iminência das poéticas define-se por quatro zonas curatoriais distintas: Sobrevivências, Alterformas, Derivas, Vozes e, uma zona transversal, Reverso". Veja mais sobre essas zonas e a bienal de 2012 no site:
    Para mais notícias e informações sobre a Bienal, acesse o site oficial:
    Veja também:
    Não deixe de nos seguir twitter @doublegraphic e curtir nossa página de fãs no facebook "Desenho DG". Até mais. 

    Repercussão: O que é arte para você?

    Postado em por

    Ano passado, mais precisamente no dia 2 de julho, lancei uma questão para ser discutida entre todos os visitantes deste blog. Criei um artigo com o título "O que é arte para você?", no qual pedia aos visitantes que descrevessem o que achavam que era arte. Como arte é um termo que foi se modificando com o tempo, sendo que obras que não eram consideradas como arte antigamente, hoje podem ser consideradas como tal, definir o que ela é exatamente acaba se tornando uma tarefa difícil. Embora dê para se definir com poucas palavras, essa definição acaba saindo um pouco vaga, pois a arte em si é algo complexo.

    A repercussão da pergunta "o que é arte para você"?

    Arte - mulher africana
    Arte
    Créditos: Joce Artesanato

    Como havia dito anteriormente, fiz esta pergunta em 2011 e tive várias respostas, sendo assim, tentarei resumir o que todos disseram de forma que dê a entender o que é arte para a maioria das pessoas. Deste maneira, dá para se chegar a um denominador comum do que a maioria dos leitores deste blog que comentaram compreendem como arte. Segue abaixo, uma lista com a definição de arte mais ou menos como a maioria dos visitantes disseram:
    • A arte não depende da aprovação de outros para ser definida como tal;
    • A arte é a representação de sentimentos ou intenções;
    • É a forma de se expressar;
    • Mesmo que para alguns não faça sentido, ela muitas vezes tem o poder de tocar o próximo;
    • A arte precisa ser interpretada;
    • Pode ser a maneira com que o ser humano expressa seu dia-a-dia, sua vida e visão de mundo;
    • Também pode ser a expressão de algo que não existe, mas, que o autor quis retratar na obra;
    • Pode ser a expressão daquilo que está na alma, do amor, etc.
    Como dá para perceber, há várias definições diferentes para o que é arte, e estas não são todas, para ver mais definições de nossos visitantes e dar a sua também, visite o artigo:
    Também devemos lembrar que as artes não são só artes plásticas (belas-artes), também temos o teatro, a dança o cinema etc. Veja mais em:
    Veja também:
    Não deixe de nos seguir twitter @doublegraphic e curtir nossa página de fãs no facebook "Desenho DG". Até mais.

    Ônibus de turismo (desenho)

    Postado em por

    Olá pessoal. Como estão?
    Para hoje, o desenho de um ônibus de turismo, enviado pelo Yuri Oliveira. Segue abaixo:

    Ônibus de turismo - frente (desenho)
    Ônibus de turismo - frente (desenho)

    Ônibus de turismo - trás (desenho)
    Ônibus de turismo - trás (desenho)

    Yuri disse: "Gente, para quem gosta de ônibus, desenhei esse ônibus de turismo para vocês, um abraço e até mais!!"
    Gostou? Quer ver seu desenho publicado aqui também? Então envie seu desenho para nós.

    Veja tambem:
    Gostou dos desenhos? Então, deixe seu comentário. Não deixe de nos seguir twitter @doublegraphic e curtir nossa página de fãs no facebook "Desenho DG". Até mais.

    O que é desenho artístico?

    Postado em por

    Podemos utilizar o desenho para várias finalidades distintas, seja para um projeto de arquitetura, para entregar a um amigo ou ainda para expressar todos os sentimentos presos em você em determinado momento, por exemplo. Dependendo da situação, se usa um tipo diferente de desenho.

    Mas, o que é um desenho artístico, afinal?

    Como temos várias finalidades distintas, para algumas delas temos o desenho artístico. Diferentemente do desenho técnico que é usado para mostrar com exatidão como ficará um projeto depois de pronto, seguindo algumas normas técnicas etc., no desenho artístico não há a preocupação com normas, pois, tudo que é colocado no papel é, simplesmente, a forma como o artista enxerga o mundo. No desenho artístico é possível que o artista exprima todos seus sentimentos ocultos da maneira que preferir.

    Desenho Artístico
    Desenho Artístico
     Créditos: Nucad Senac-CE

    Neste tipo de desenho, o autor pode desenhar como preferir, não precisando que algo pareça real, é a maneira como ele vê suas ideias e sentimentos e não como os outros as veem. No desenho artístico podemos utilizar qualquer tipo de papel, além de lápis, carvão, lápis de cor, entre outros. Cabe ao autor do desenho escolher quais materiais conseguem suprir as necessidades daquele determinado momento.
    Há aqueles que prefiram os desenhos hiper-realistas que mostram a realidade nos seus mínimos detalhes. Quem utiliza esta técnica, normalmente estudou bastante até chegar neste resultado, contudo, não pense que as outras técnicas não precisam de estudo. Todas elas necessitam estudar muito, pois, por mais perfeito que tal desenho seja, a cada novo pode-se aprender mais.
    Mesmo que seu desenho não retrate a realidade como realmente é, é importante conhecê-la bem antes de desenhar, pois, para sabermos o que não é real precisamos de referências sobre o que é real. Além, disso o irreal muitas vezes reflete o que o autor gostaria que fosse realidade ou como o próprio vê o mundo, a vida, etc.
    O desenho artístico ainda se diferencia da ilustração, pois, esta última, normalmente, tem que seguir um briefing e é voltada para o comércio. Veja mais sobre as diferenças entre ilustração e desenho artístico, no blog Ferreriart:
    Veja também:
    Não deixe de nos seguir twitter @doublegraphic e curtir nossa página de fãs no facebook "Desenho DG". Até mais.
     
    Parte do conteúdo deste blog está protegido sob a licença: Creative Commons Atribuição-Uso-Não-Comercial 3.0. Licença Creative Commons
    Layout por: Vinicius da Silva Martins | Double Graphic 2011 | Tecnologia do Blogger.